quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Mário Soares


Mário Soares deu ontem uma entrevista à Sic-Notícias.

Ao vê-la é impossível não lhe chamarmos "animal político". Pode-se discordar de quase tudo o que diz, e eu discordo, mas é impossível ficar indiferente à inteligência e argúcia políticas daquele homem.

Dois exemplos:

Referindo-se ao Ministro das Finanças, por quem diz ter respeito e admiração, discorre dizendo que é um uma pessoa entendida em finanças, que é um bom "técnico", mas que "não tem uma visão política ampla".

Sobre o Presidente da República diz que lhe transmitirá a sua posição assim que seja convocado para o efeito, mas que tal não tem sido possível. É que há já muito tempo que o Conselho de Estado não reúne...

Está em forma.

8 comentários:

Lynce disse...

Não acredito que ainda haja pessoas em Portugal que oiçam seriamente as opiniões de Mário Soares. Mas os orgãos de comunicação social ainda o fazem. E fazem-no apenas porque ele dá audiências com as suas opiniões cada vez mais vindas de outro planeta.
Mário Soares não é homem para levar a sério.

tric disse...

"Mário Soares não é homem para levar a sério."

sim, é um dos grandes culpados do descalabro financeiro de Portugal, ao ter tido a triste ideia e a influência necessaria para colocar António Guterres na governação de Portugal

Gonçalo Pistacchini Moita disse...

Pois é Sofia... Agora o que não deixa de ser interessante é que ele venha agora, a um mês do congresso do PS, depois da dita ala esquerda - que é a sua - ter dado sinais de divergência, elogiar o governo e o seu primeiro-ministro. No fundo, portanto (e é mesmo no fundo, porque nada disto se passa à superfície), já se puseram de acordo. Há que reconhecer a Sócrates esta sua tremenda eficácia.
Beijinhos
Gonçalo

Redonda disse...

Apesar de já se terem posto de acordo ainda há muito pouco tempo, o mesmo Mário Soares dizia que a continuar assim este país tornar-se-ia ingovernável, numa crítica clara ao governo de Sócrates.
Mário Soares sempre foi considerado "o salvador da pátria". Para mim sempre foi um actor - com algumas boas representações - num filme chamado Portugal.

Sofia Rocha disse...

Obrigada pelos comentários.

Eu escrevi que discordo de tudo o que Mário Soares diz e cada vez mais, porque a concepção que tem do mundo me é estranha e avessa.

Aliás,considero-o o expoente máximo de uma vivência e mundividência a que a minha geração voltou as costas há muito tempo.

Não obstante tudo isto, reconheço-lhe a capacidadede de, aos oitenta anos, ainda ser capaz de criar factos políticos.

Tric, sobre finanças públicas e Soares talvez seja melhor recuar ainda mais uns anos...

Lynce disse...

Não compreendo quem possa admirar Mário Soares...muito sinceramente eu não o considero inteligente, mas um oportunista....os factos estão aí....para quem os quiser ver.
Angola sofreu a pior descolonização possível, não está em causa a descolonização, mas a forma como ela foi feita.
Mário Soares foi o homem que encontrou os cofres do Banco de Portugal cheios de dinheiro que o velho deixou, e estranhamente ou não, ainda hoje não se sabe muito bem para onde “voou” o dinheiro.
A única coisa acertada que ultimamente Mário Soares disse, foi que Sócrates era o pior do Guterrismo. Sabendo que o Guterrismo foi o pior desde Dona Maria, está tudo dito.

Eduardo disse...

Fico chocado com tamanhos disparates e palermices que aqui são ditas. Peço desculpa de qualificar tamanhas opinioes com adjectivos tão pesados, mas não há outra forma de as caracterizar.

A Sofia, disse e bem, que Soares é um animal político. Inquestionável, aos 80 e pcos anos ainda anda por aí, ainda corre o país, vai para fora, fala, ensina etc.

Foi sem dúvida o maior politico portugês do pós-25 de abril. Só não digo que foi o maior, pq existiu António de Oliveira Salazar, do qual não tenho saudades, nem qualquer apreço, mas que marcou o séc XX português.

Muita gente não sabe, mas deveria saber que se nós somos o país que somos hoje (apesar de todos os problemas que temos e sofremos) devemos à Europa, à união europeia, e essa aproximação e essa visão europeísta veio de Soares. Foi ele quem teve a visáo de no final dos anos 70 nos aproximar da europa e das democracias (contra por ex na altura economistas como Cavaco Silva). Por isso eu o admiro, porque gosto de ser Europeu e Democrático.

Mais: entrou para a história como sendo o primeiro Socialista a lutar e derrubar uma revolta comunista (gonçalvismo).

Quanto ao cliché e à barbaridade do argumento da descolonização, Portugal foi o unico país a faze-las ao mesmo tempo q uma revolução e uma democratização, foi mal feita? Foi, mas não foi por causa de Soares, foi por ter sido feita em 1975, e não 20 anos antes como outros países o fizeram.

Anónimo disse...

Ó Sofia, ao vê-lo seja onde for não podemos é deixar de dizer que é um "animal" na política. Um dia se fará, assim o espero, a história verdadeira do animal