sábado, 23 de agosto de 2008

Três Medalhas e um Chapéu

E pronto, são três medalhas, duas de ouro, com o arte do SL Benfica. Uma delas obtida com direito a chapéu, um grande chapéu. Vamos guardar as três medalhas e oferecer o chapéu – chapéus há muitos... mas como este?! – ao merencórico pessoal daquela coisa entre o Lumiar e a 2ª Circular.
Para gáudio de Portugal, e com arrebatada e cristalina descrição de um bravo locutor que as televisões portuguesas deviam já contratar, aí vai a façanha digna dos deuses do impetuoso Di Maria.

3 comentários:

Miguel Poiares Maduro disse...

Para aqueles que não compreendem árabe e apenas entendem a palavra Di Maria, aqui vai a tradução:
"Incrível, Di Maria é jogador do Benfica, sim do Benfica. Di Maria é do Benfica e fez este golo… Apesar de todas as qualidades que perdeu ao longo do ano passado nesse cemitério de jogadores Di Maria concretizou. O que duas semanas na selecção argentina conseguem. Di Maria, um nome que infelizmente que dificilmente voltaremos a ouvir e por isso não me canso de o repetir…"

Pedro Norton disse...

Chapeau!

Manuel S. Fonseca disse...

Olha, roubaram-nos o vídeo roubado. Não faz mal, a nação benfiquista, com a ajuda da tradução do Miguel, dará aso à imaginação. Esclareço que a bola faz uma trajectória muito semelhante à da águia Vitória a pousar no glorioso emblema.