quarta-feira, 9 de julho de 2008

Velhos são os trapos II



Ao contrário do JP Guimarães, nunca joguei râguebi em novo nem tenciono começar a fazê-lo agora que vou para velho. De resto até hoje ainda ninguém conseguiu convencer-me que o desporto não faz um mal danado à saúde. Mas as nossas divergências acabam aqui. É certo que não vou ao ponto de dizer, como dizia outro amigo, que só leio livros com mais de cinquenta anos. Mas ouso, na linha da defesa que o JP fez das virtudes da «sagesse», fazer duas sugestões para um fim-de-semana mais geriátrico: na Sexta vão até à Cinemateca «ouvir» «O vento» do eterno Sjostrom. No Sábado dêem um salto ao Optimus Alive para «ver» o intemporal Neil Young.
Vão à confiança. Sempre quero ver se alguém tem coragem para dizer que este país não é para velhos!

4 comentários:

Manuel S. Fonseca disse...

Então e o Bob Dylan na 6ª? tem praticamente a mesma idade da Lilian Gish!!!

Pedro Norton disse...

é verdade mas não se pode ir a todas. mas no próximo sábado ainda temos o Lou reed...

Sofia Rocha disse...

Indesculpável a omissão do Leonard Cohen...

Pedro Norton disse...

Manuel e Sofia: estão apostados numa conspiração geriátrica contra o pobre autor deste post?