terça-feira, 11 de março de 2008

Waiting for inspiration to rewrite a paper

3 comentários:

Inez Dentinho disse...

Que tal uma privação, um sofrimento?
O interesse pelo outro, pela cidade, pela política?
Que tal o encanto, a poesia e a curiosidade?
E o humor? a oração? a Natureza com vento e sol e chuva e tudo?
Que tal um filho? a vida?
Que tal o Amor?
Boring?

Pedro Lains disse...

Ups! Vejo que não achou piada nenhuma ao vídeo. Aquilo não era bem para me inspirar, mas sim uma distracção. A inspiração, quando escrevo "papers" (em estrangeiro), vem de ler papers de outros autores, que invariavelmente acho mais inteligentes do que eu. E os momentos de êxtase não são pores do Sol radiantes, mas sim provas tipográficas de artigos em publicação. Boring, boring, mas foi o que me calhou na rifa… Ainda bem que comentou.

sofia rocha disse...

Eu adorei o conceito. Gostei, porque:são mulheres a dizê-lo, e devem estar a referir-se aos homens que, numa tentativa vã de as conquistarem, exibem as marcas como pavões.Depois porque são giras que se fartam. Quem são?