quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Os Gurkas

Dizem que os Gurkas, uma unidade do exército de Sua Majestade Britânica formada por soldados nepaleses, constituem o melhor corpo de soldados do mundo. São altamente disciplinados, as mais fantásticas máquinas de matar do planeta. Move-os a eficácia, não a vaidade.

Os Gurkas integram o Exército Britânico desde o século XIX e são assustadoramente lendárias as suas acções militares na II Grande Guerra ou, mais recentemente, nas Malvinas.

Usam um punhal, uma arma ancestral dos nepaleses, o kukri. A arma, de origem grega, foi uma (ou talvez a única) herança de Alexandre, o Grande. Hoje, o kukri é uma extensão do braço de um Gurka. De osso, marfim ou metal no cabo. Aço da mais alta qualidade na lâmina. Sem uma dimensão exacta, o kukri tem em geral 28 a 30 centímetros sedentos de sangue. Um Gurka nunca exibe o seu kukri em vão. Uma vez desembainhado o punhal, a lâmina tem de verter sangue, só depois podendo regressar ao escuro descanso da bainha.

Como “el puñal” do argentino Borges, e como alguns dos seus compatriotas agonicamente aprenderam, a fria lâmina do punhal de um Gurka, “quiere matar, quiere derramar brusca sangre”.

9 comentários:

Anónimo disse...

Pra mim esses gurkas são tudo viado.

ESPARTANO disse...

espartano:os gurkas são altamente disciplinados,adestrados,eficazes e respeitados no cenário militar mundial.meus respeitos e admiração;um abraço aos lendários gurkianos. espartano,integrante do 22ºBPM-COMPLEXO DA MARÉ-RJ.

TOLERANCIA 0 disse...

ESSE ANÕNIMO DEVE SER UM MENUDINHO VIADO,VICIADO FILHO DA PUTA QUE ALIMENTA O TRÁFICO DE DROGAS.RESPEITA QUEM DEVE SER RESPEITADO,FODA-SE VOCE PLAYBOY DE MERDA...TROIANO

Anónimo disse...

um amigo meu que esteve nas malvinas ,matou un gurka desses ,,nao sao tao bons assim como falam desses merdas que lutam pela inglaterra ,pq eles nao tem nem pais propio.

Anónimo disse...

Anonimo vai levar no pacote, fica bem seu bacalhau de trampa.

LEGIONÁRIO disse...

Anónimo, eu já trabalhei com os Gurkas no Kosovo, e garanto que são uma força bastante repeitável, ao contrário de ti que nem coragem para pores o nome na net tiveste.

Pedro Paulo disse...

"corram, corram os Gurkas vem aí..." Gritos de um soldado argentino desesperado, para seus colegas, com a aproximação dos Soldados da Morte. (1982-Guerra das Malvinas). Publicado na edição do jornal "O Globo" na época.

Spreafico disse...

O anonimato eh uma merda mesmo neh.. o cara sai falando um monte de besteira sem saber o q diz..
Meu irmão! Vai estudar q eh o melhor q tu faz...

nene disse...

meus amigos , acredito profudamente no que soldados quando bem treinados podem fazer. Dessa forma que cada um respeite a historia dos gurkas,dos legionarios e todos os outros que se dispõe a lutar em nome da honra.