segunda-feira, 10 de maio de 2010

Vem cá falar connosco, vamos ouvi-lo


«Precisamos de homens que mantenham o olhar voltado para Deus e aí aprendam a verdadeira humanidade. Temos necessidade de homens cujo intelecto seja iluminado pela luz de Deus e aos quais Deus abra o coração, de modo a que o seu intelecto possa falar ao intelecto dos outros e o seu coração possa abrir o coração dos outros. Só através de homens tocados por Deus, Deus pode voltar para junto dos homens».
Joseph Ratzinguer «A Europa de Bento na crise de culturas» (Aletheia, 2005)

3 comentários:

joão wemans disse...

"Vem cá falar connosco, vamos ouvi-lo."
É essa a atitude de muitos dos que vão estar perante Bento XVI. Muitos outros irão simplesmente vê-lo, com os seus próprios olhos.
Refiro, porque li e gostei, dois artigos: "Onde eu me encontro com Bento XVI" de 7.5.2010, de José Manuel Fernandes, excelente jornalista; e "Revelar os corações" de hoje no D.N., de João César das Neves, excelente cronista.
Entre ambos dão conta das várias motivações, que podem levar os homens, tão diferentes a olhar na mesma direcção. É um sinal de Esperança.

miguel vaz serra.... disse...

Sim,claro que vamos ouvi-lo.
Em nossa casa devemos sempre ouvir toda a gente.Educação obriga.
João,fui ver os artigos de que fala.Obrigado.

Anónimo disse...

Amanhã conto, se puder, na multidão e nos bastidores, onde gosto de estar e de observar, ir ao terreiro do Paço ouvir e ver o sucessor de Pedro. E rezar.

A Virgem Maria disse em 1917, ano muito importante sob vários prismas, em Portugal e numa terra sita no coração de Portugal, que por fim o seu Imaculado Coração triunfaria.

M. Cumpts.,
CCInez