quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Pornografia

Se a população de Braga lesse blogs, saberia que aquela ilustração era de um pintor famoso. Não vou fazer nenhum link, mas lembro-me de ter visto aquela ilustração num post do Manel.

Não resisto a perguntar o que seria se episódios como o do Magalhães no corso em Torres Vedras e da apreensão do livro se passassem com um Governo PSD?

Algumas pistas:Manuel Alegre falaria no alto da sua experiência de resistência anti-fascista, alguém leria poemas, íamos ouvir falar em fascismo, ditadura e 25 de Abril, democracia and so on. Cairía o Carmo e a Trindade. O BE faria umas passeatas nocturnas com umas velinhas em frente a um qualquer mausoléu, ou da embaixada dos EUA.

Governados por um governo de direita tínhamos conversa para um mês e à socapa ainda teríamos um pedido de dissolução da Assembleia da República.

Agora digam-me se desta vez não foi tudo tão civilizado? Onde está o deputado Manuel Alegre? Onde estão os defensores da liberdade?

Desculpem-me por não colocar fotos, mas acho isto tudo muito pornográfico.

5 comentários:

Reflexos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Reflexos disse...

Boa noite,

Acho que neste caso deveria dizer 'policias de Braga'.

Ainda bem que as coisas ficaram por aqui. Talvez porque é carnaval e ninguém leva a mal!
Quanto ao PSD está mais entretido a contar os bolinhos ( aqui no norete diz-se 'bolinhos) de bacalhau que os ministros comeram nas inaugurações...são opções, eles lá sabem. Por mim nrm um nem outro. Há muito que a política me decepcionou,...

Nota: Vivi em Braga, mas não sou de Braga. Graças a Deus, não or isto, mas porque tenho muito orgulho em ter nascido no Porto.

Anónimo disse...

O que é que o Governo tem a ver com o caso do Magalhães no corso de Torres e a apreensão dos livros em Braga? O primeiro caso resultou da decisão de uma magistrada do Ministério Público o outro resultou da ignorância de dois zelosos agentes da PSP. Da decisão da procuradora houve recurso - e do recurso resultou a anulação do despacho e o Magalhães voltou para o carro alegórico. A PSP reconheceu o erro dos agentes de Braga e devolveu os livros. Quem vê aqui a tenebrosa mão do Governo? Lembram-se do tempo em que Sousa Lara foi subsecretário de Estado da Cultura? Se não me falha a memória foi censurado um livro do Saramago - o "Evangelho Segundo Jesus Cristo".

Inez Dentinho disse...

A pornografia não deixa de o ser por ter sido realizada n'outro século ou por sair à rua durante o Carnaval. A pornografia é a exibição do óbvio, no sexo.
A capa do livro e o autocolante do Magalhães são duas formas de pornografia que não devem circular se quisermos respeitar os mais novos, os mais velhos, os mais sensíveis. Os que não gostam e têm direito a não gostar.
A liberdade não passa pela ofensa. A liberdade, neste caso, pelo acesso que deve ser garantido a quem queira comprar e ver estes retratos sem impôr essas imagens a quem com elas se choca. Aparentemente, trocámos a tirania do pudor pela tirania do despudor. Haja decoro.

f. disse...

Pois, a memória é selectiva... e o Santana Lopes é um sedutor.Dizem.
Que cansaço da má-língua para defender a sua dama. Pode apagar a mensagem. Je m´en fiche.