sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Gostos

Posso comentar o nosso próprio blog? Não, não é para dizer que vamos ter um dos meses menos produtivos de sempre (também eu, por razões várias, contribuí para a queda a pique). Pelo contrário, é só para dizer que, sem precisar de concordar com tudo, gostei do que o Pedro Norton escreveu aqui e, por causa da inteligência fina e cordata, recomendo a leitura do comentário que o Vasco M. Grilo escreveu aqui. Por fim, gostei muito de ver nas livrarias um livro de Nuno Lobo Antunes, ex-blogger da Geração. Folheei, interessou-me e comprei logo. Leitura agendada para breve.

3 comentários:

indy (de 1967) disse...

Tive a sorte de apanhar a entrevista que Nuno Lobo Antunes deu na TV há algumas semanas atrás.
Inteligente, sensível, HUMANO.
Gostei de o ouvir, muito.
A sua "fuga" para os USA foi uma mais valia para todos nós, aquando do seu regresso, é claro ;-)
(Também eu não resisti ao apelo da leitura de "Sinto Muito")

Para quem não viu a dita entrevista de 9 d'Outubro na RTP1, aqui vai o link:

http://ww1.rtp.pt/multimedia/?tvprog=1436&idpod=18051

ASL disse...

Esse livro é fantástico!

Aborda a experiência médica de uma vertente menos conhecida: a vertente humana. Porque estamos a falar de pessoas, o médico naturalmente que não é indiferente ao sofrimento do seu doente e, consequentemente, da sua família.
É isto que o Dr. Nuno Lobo Antunes vai mostrando contando várias pequenas histórias, e numa escrita simples e muito bem conseguida.

É um livro que aconselho vivamente (e não sou suspeito, porque não estou minimamente ligado à área da medicina)!

Jorge Buescu disse...

O livro é extraordinário.

Como ele diz no prefácio, eu també, fiquei surpreendido ao ver que ele escrevia na CARAS (ou na LUX, ou lá o que é). Mas depois de ver o nível dos textos compreendi.

Extarordinário e comovente. Leiam e ofereçam no Natal!