domingo, 28 de setembro de 2008

Provocações partidárias

As interferências de factores alienígenas na política são incalculáveis.

Por exemplo:
Com acentuada melhoria no cabelo e com óculos de massa preta, se Marques Mendes medisse um metro e setenta e cinco será que seria ainda, hoje, o sólido líder do PSD?

4 comentários:

Ricardo Campos disse...

Será que Churchill, foi por ser magro e esbelto que conseguiu mobilizar a Inglaterra, num período de resistência e de dúvida.
Será que Rudy Guilliani, foi por ser alto e musculado que conseguiu unir os nova-iorquinos no restabelecimento da vida numa das maiores cidades do mundo, após o maior ataque terrorista de sempre.
Seria Sá Carneiro, muito mais alto ou com melhor imagem do que Marques Mendes.
Caro Manuel,
Mesmo no palco mediático, na sociedade da imagem e do marketing politico - o carisma, a coragem, a ousadia, a capacidade de execução, a mobilização, o ter um projecto, a resistência, o carácter, continuam a ser caracteristicas que quando existem constroem lideres bem sucedidos, e quando não existem os coloca em lugares secundários da história.
Não foi por razões de imagem, que Marques Mendes não conseguiu. Foi por outras...
Está lançado o debate...
Um abraço,
Ricardo

Sofia Rocha disse...

Não é politicamente correcto afirmá-lo, mas acredito que muito do sucesso do senador Obama passa pelo facto de ser um homem fisicamente atraente.
Mas, inversamente acredito também que esse argumento é usado, por quem não tem esses atributos,demasiadas vezes como auto-desculpa.
Se eu fosse mais alta, se eu fosse mais magra, se eu fosse mais bonita, se fosse homem... Não é desculpa. Quando não somos isso, temos de trabalhar mais, batalhar mais, vencer mais obstáculos, termos mais resistência, sermos melhores.
Alguém duvida que o carisma que se atribui a um Obama, a um Clinton, um Blair, tem a ver com a superação? Superação de, na maratona da vida, terem, como tartarugas, partido em clara desvantagem?

Manuel S. Fonseca disse...

Não me convencem. Estão a esquecer-se dos óculos de massa preta. E aviso-vos de que há muitas maneiras de ser baixinho, matéria em que, aliás, sou expert...

Ricardo Campos disse...

Óculos de massa preta? Isso ajudará a imagem de alguém ? Não percebi.
Sofia,
Obama está ainda imaculado, é um jovem de poucas provas dadas que muito promete.
Mas há boa imagem e há estrondosa máquina de propoganda, alia uma preparação incessante, uma capacidade de acreditar e fazer acreditar, inteligência, capacidade de trabalho, um olhar próprio sobre os problemas, objectividade nas soluções, enfim, tem a capacidade de mostrar antes o que as pessoas esperam que faça depois.
Isto para dizer, que mesmo se Obama fosse baixo, não deixaria de ser um excelente orador, de mobilizar pessoas e de demonstrar firmeza nas convicções, enfim, continuaria a ter carisma.
Mas continuo sem perceber essa dos óculos pretos?!!!
Um abraço a todos,
Ricardo