domingo, 14 de setembro de 2008

O casamento do Sr. Sulu.




Hoje, enquanto meia América se deleita, rendida, com a retórica de cabeleireira de uma «quase-Miss Alaska» fã de criacionismo que trocou as voltas à eleição presidencial, casa-se o Sr. George Takei com o seu companheiro de 21 anos. É verdade, Mr. Sulu himself, aproveita a lei aprovada em Maio passado na California e põe a vidinha em ordem. A boda, rezam as crónicas, será abrilhantada pela presença do amigo de sempre, o meio-vulcano, meio-humano, Mr. Spock.

Não tenho, ao contrário do PS de Sócrates, nenhuma obsessão «politicamente correcta» com o casamento dos homossexuais. Está longe de me parecer a maior prioridade da nação e desconfio sempre muito da defesa de «agendas fracturantes» feita com base nos méritos do seu carácter ... «fracturante». Mas também é verdade que, nestes tempos de trevas, em que o Mundo corre o risco de vir a ser governado por uma criatura tão extraordinária como a Srª. Palin, confesso que me dá algum alento saber que há toda uma outra América, tolerante e liberal, que nunca se reverá na agenda religiosa e ultraconservadora da governadora do Alaska.

9 comentários:

aviador disse...

Se no é vero....

Manuel S. Fonseca disse...

Pedro, que grande susto. Pensei que Mr. Sulu se casava com Mr. Spock. Estou em crer que, nesse caso, Mrs. Palin seria mesmo a madrinha.

Pedro Norton disse...

É caso para dizer que o Manel ficou de orelhas em bico!

Manuel S. Fonseca disse...

Eh lá, quando o Pedro escreve em pontas, quem é não fica de orelhas em bico!?

Sofia Rocha disse...

Pedro, sei que a questão não é politicamente correcta, mas fiquei sem perceber se o companheiro do Sr. Sulu tem 21 anos,ou se é seu companheiro há 21 anos.

Pedro Norton disse...

hipótese b. é um namoro antigo.

Sofia Rocha disse...

Menos mal, senão soaria terrivelmente a uma acentuada crise de meia-idade. Geralmente acompanhada de cabelo pintado e descapotável.

Anónimo disse...

E o pior é que por cá também há todo um outro Portugal que não se revê em coisíssima nenhuma… Já nem em caravelas servem. “Está a ver esta parede toda suja? É tudo para arrancar!”

JP Guimarães disse...

Antes um mundo à imagem do Alaska! Conservador que sou (era preciso clarificar?) prefiro explicar aos meus filhos a história de Adam and Eve do que a de Adam and Steve (ou Mr. Sulu himself, for that matter).