quinta-feira, 5 de junho de 2008

Te Voglio Tanto Bene


Num Verão, numas férias de Verão, fui todas as noites ouvir esta canção a uma esplanada sobre a baía de Sorrento. Ando à procura de uma interpretação feminina tão íntima como a que julgo, então, ter ouvido à esbelta amadora de Sorrento. Encontrei esta, cantada por Lucio Dalla, seu autor e canónico intérprete, aqui acompanhado por mais três italianos autênticos. Cantam “Caruso” com o à vontade e o amor de quem se bate com gli spaghetti aglio e olio. Ou de como uma das mais belas canções de amor pode ser um descontraído momento de comunhão e identidade. Te voglio tanto, ma tanto tanto bene.

Se ficaram com vontade de experimentar "Caruso" noutros registos, podem sempre ir à procura de Pavarotti, ou tentar esta versão da Lara Fabian, mais show bizz, requebros excessivos, mas ainda assim com le lucci in mezzo al mare.

2 comentários:

Sofia Rocha disse...

Manuel,eu bem queria ouvir para comentar até porque promete.O problema é o que o meu filho, à força de navegar pelo canal Panda e Noddy com som a condizer, deu cabo das colunas do pc... pelo que até ter este problema técnico resolvido, não me poderei manifestar. Meu amigo, estou surda!

Daniela Major disse...

Por acaso é uma das minhas músicas preferidas. Se bem que cantada pelo Bocelli e pelo Pavarotti é na minha opinião superior a esta.