quinta-feira, 8 de maio de 2008

De casa de seus pais desapareceu...

Indivíduo do sexo masculino, simpático, instável, mas não perigoso – repito: não perigoso –, desapareceu de casa de seus pais, há mais de três anos, ao que parece ajudado por um amigo, de nome Sampaio, que mais tarde se lhe terá ido juntar, em parte incerta. Tem problemas de coluna e de memória. A quem o tiver visto (ver filme abaixo) pede-se que contacte a família, que ainda hoje, no seu antigo quarto, guarda, com saudade, os cadernos escolares com os inacabados trabalhos de casa.

video

2 comentários:

Sofia Rocha disse...

Eu já vi um programa na dois sobre esse fenómeno. Parece-me que a revista do Expresso já escreveu sobre isso. O fenómeno é japonês e tem um nome esquisito. O pai geralmente está asusente, a mãe é doméstica e o filho é único. Fecha-se no quarto, ninguém o vê. A mãe deixa-lhe a comida à porta e sofre em silêncio. O filho é um niilista que só joga computador e vê televisão.
Bem vistas as coisas, se calhar não é bem a mesma coisa. É que o rapaz do filme, embora esteja a falar chinês, está longe de ser um niilista, vemos-lhe ali crença, entusiasmo, vigor. Estejam descansados, ele volta.

Redonda disse...

E será que volta só para casa dele ou quererá que todos saibamos que ele regressou à Pátria?