segunda-feira, 28 de abril de 2008

Talvez isto ...

...interesse aqui. Trata-se de uma polémica sobre um assunto que ainda é tabu na nossa sociedade, a saber: poder dizer-se que a economia portuguesa cresceu antes do Twenty-five - e bem - sem se ser acusado de direitolas proto-salazarista. É uma polémica séria e não se deve esquecer que dos dois lados há sempre um pouco de razão (embora pense que do meu lado está um pouco mais). Em retrospectiva, começa aqui.

2 comentários:

Gonçalo Pistacchini Moita disse...

Caro Pedro
Li com interesse e fico à espera da continuação. É interessante ver como, de repente, a discussão entre dois economistas (ambos excelentes, a avaliar pelos curricula) sobre o ante 25 de Abril de 74 em Portugal, passa para uma esfera quase religiosa, na qual não interessa discutir os números (sic).
Os dois lados terão razão, é verdade, mas se ela não poderá encontrar-se apenas no mundo dos números, tão pouco poderá permanecer apenas no mundo das ideologias. O diálogo terá de suportar-se entre os dois, o que é difícil, mas necessário. Tanto mais quando existe - estou completamente de acordo - tanta confusão em torno do que foi a realidade económica anterior ao 25 de Abril, desinformadamente lida a partir da realidade política.
Louvável, portanto, este trabalho, que espero continue e vença óbvias barreiras... Até porque fazer as pazes com o passado é fazer as pazes com o futuro.
Um abraço e... bom trabalho!

Pedro Lains disse...

Obrigado. Pois é, trata-se do recurso ao argumento do "mental".