quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Santana Lopes

Há algum papel que eu possa assinar para pedir que Santana Lopes não seja o candidato do PSD à presidência da Câmara de Lisboa? Ou há algo que eu possa fazer? Se for preciso disponho-me a ser presidente do PSD por um dia (ou dois, no máximo). É que há o risco de ele vencer o inepto António Costa que está lá visivelmente por frete, sem paciência para aturar aquilo. Porque é que não pomos lá o triunvirato da Quadratura do Círculo? Não seria a primeira vez que somos governados por um triunvirato e matavam-se dois coelhos de uma cajadada (pois...). Desculpem a agrura, mas é que ele há limites. E o problema do governo da Câmara de Lisboa nunca mais se resolve. Aquilo é ingovernável e quem sabe não quer, quem vai por obrigação e sabe desiste, e quem não sabe quer. Quando é que mudam a lei autárquica que vem do tempo do PREC?

6 comentários:

Pedro Norton disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Norton disse...

Pedro: Subscrevo. Aliás escrevi sobre o tema para a Visão de amanhã. «Posto» mais logo.

F. Penim Redondo disse...

há uma assinatura que pode fazer, na petição online que propõe a interdição de candidaturas dos ex-presidentes da CML. É aqui:

http://www.gopetition.com/petitions/para-acabar-com-as-casas-de-favor-em-lisboa.html

Pedro Lains disse...

Obrigado Fernando. Seria de facto uma boa estratégia, não fosse tão indirecta. Mesmo a propósito, todavia!

Inez Dentinho disse...

Cansa-me o assunto e não me reconheço como defensora oficial de ninguém. Mas é ainda mais confrangedora a repetição de inverdades politicamente correctas que, pela exaustão ou falta de vontade, nos vão dobrando.
1) PSL ~«deu» apenas 4 casas entre os milhares de fogos que foram atribuídos.
2) 2 a dois motoristas, que as não ocuparam por não terem dinheiro para pagarem as rendas (sendo costume na CML os motoristas do Presidente terem casa na cidade porque acompanham horários incertos e não podem voltar muito tarde para os subúrbios).
3) 2 a duas senhoras pobres que se dirigiram a PSL em plena Assembleia Municipal por serem muito pobres.
4) A PJ já está informada sobre este assunto.
5) Todos os outros casos (que incluem casas atribuídas a dirigentes, jornalistas, artistas e intelectuais) dizem respeito a outros presidentes da Câmara, estranhamente não declarados arguidos, e/ou a vereadores com poderes delegados sobre a matéria.
6) Que seja por outras matérias - e quais? - que assinem a referida petição, mas nunca pela questão das casas.

Anónimo disse...

12 de Maio de 2008 - PARA QUE AS PESSOAS SE LEMBREM.

MANUELA FERREIRA LEITE ESCUSOU-SE A RESPONDER SE VOTOU EM PEDRO SANTANA LOPES NAS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS DE 2005 em entrevista ao Jornal de Notícias.

«Obviamente que não lhe respondo», respondeu a candidata à presidência do PSD,.Santana Lopes está irritado por Manuela Ferreira Leite se ter recusado em revelar em quem votou nas legislativas de 2005, quando ele era líder do PSD e tentava continuar a ocupar o cargo de primeiro-ministro.

"É UMA DECLARAÇÃO QUE ULTRAPASSA OS LIMITES DO RAZOÁVEL E, PORTANTO, INACEITÁVEL". FOI DESTA FORMA QUE PEDRO SANTANA LOPES COMENTOU A ENTREVISTA DE MANUELA FERREIRA LEITE , onde a candidata à liderança do PSD se recusou a confirmar se votou no PSD nas últimas eleições legislativas.