quarta-feira, 30 de abril de 2008

O 7º de Cavalaria

Reconheço uma inultrapassável lucidez a este post do Pedro Norton, cuja leitura recomendo. A lucidez é, aliás, uma virtude de todos os grandes pessimistas. O que resulta do desenho rigoroso que o texto traça é que o PSD é, neste momento, um "dead end".

E o Pedro justifica: as elites desertaram o que talvez queira dizer que não são elites e as soluções de liderança em confronto são passado sem futuro.

Que 7º de Cavalaria é que pode salvar estes republicanos da carga dos índios? Haverá em Portugal uma jovem brigada "neocon" capaz de injectar ideologia, inovação económica, ambição política e alguma elevação retórica ao partido exangue? E, já agora, uma invasão à Madeira para que a população receba em triunfo as tropas libertadoras?

Ou será que o PSD poderá propor soluções políticas inovadoras, da diminuição do peso do Estado a uma maior democraticidade, quando o seu melhor exemplo de sucesso é a longa e radiosa governação de Alberto João?

3 comentários:

sofia rocha disse...

Manuel Fonseca, tenho vocação para advogado do diabo, que é aliás um exercício que me é muito caro, por isso aqui vai:
1-Os Neocons, estarão melhor no CDS-PP;
2 - A expressão ganhou ainda pior fama com a letra da música com esse título dos Rolling Stones ( do último album);
3- " O poder corrompe e o poder absoluto corrompe absolutamente", Voltaire. Aqui como na Madeira.
4- É verdade que na baixa do Funchal nunca vi pedintes, nem mendigos, nem arrumadores. Mas também nunca os vi em Vilamoura, Quinta do Lago, Quinta da Marinha ou Estoril Open.
5 - Prometo que até ao final da semana vou dominar a arte de colcar fotos.

andrea disse...

Carissimo Manuel.
Agrada-me essa da invaasão à Madeira, ainda por cima com o tempo miseravel que por aqui tem feito.Finalmente percebi porque é que se diz que Paris é a cidades das luzes, bàsicamente porque o pessoal tem que ter os candeeiros acesos para ver alguma coisinha.
Abraços.

Manuel S. Fonseca disse...

Sofia,
se o PSD continuar a esforçar-se como o tem feito nos últimos 4 anos, vai ver que afinal, como a brigada neocon, também cabe no CDS/PP. E não se diga que o Dr. Júdice não avisou.

Bonjour RA,
não me venhas com jeremíadas. Deves andar a passear-te entre o 6ème e o 8ème, margem pra cá, margem pra lá, e depois desvalorizas o produto?!
Queres sol? Vai ao Festival. Ainda bebíamos um copo.