quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Rumo ao título

Já com o mercado de inverno oficialmente fechado, o «Geração de 60» conseguiu ainda inscrever os três reforços que faltavam para completar o plantel. O Diogo Vasconcelos vem da 1ª liga Inglesa e dispensa apresentações. O Martim Avillez Figueiredo estava a ser cobiçado por vários clubes do Norte e é uma estrela com provas dadas no campeonato luso. O Paulo Rangel, qual Rui Costa, regressa a esta casa, que sempre foi sua, depois de prolongada lesão.
Sejam bem vindos!

6 comentários:

Manuel S. Fonseca disse...

Se a entrada das novas aquisições merece ovação, pelo regresso do Paulo Rangel alegram-se os céus e soam trombetas.
Como se dizia no (meu?) velho MPLA e, pasmem, aparecia escrito, em português, no final dos genéricos dos filmes do Jonathan Demme: "A Luta Continua".
... Não acreditam e acham que é esquerdice minha? Vão lá ver o DVD do Silence of the Lambs ou do Something Wild, e depois conversamos.

Sofia Galvão disse...

... e alegra-se a Terra!
Por mim, toco a trombeta. De uma penada, três amigos, o regresso do pródigo e uma primeira concessão à geração de 70.
O futuro é nosso!

Anónimo disse...

Com o Martim escrevi algumas dezenas de reportagens iconoclastas que ninguém leu mas que nos deram - e sei que lhe deram - imenso prazer. O Paulo Rangel fui admirando ao longe. Unidos venceremos.

Pedro Marta Santos disse...

O anterior comentário é meu. E a azelhice informática é infinita.

Helena Forjaz disse...

Eu que também sou novata nesta "casa" daqui do Moçambique que conheci sem ser de Frelimo ( esta era para o manuel Fonseca)mando uma batucada sentida pelo prazer das vossas chegadas.Não sei quem é o responsavel pelas contratações, mas quem for está evidentemente de parabéns

Inez Dentinho disse...

Entro na festa do pródigo e dos novos membros da Geração de 60. Um pouco como visita, dada a falta de posts dos últimos tempos. Alento fresco com velhos e novos comdisciplos.